sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Bacalhôa Moscatel de Setúbal Colheita 2004

Região: Moscatel de Setúbal
Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal
Castas: Moscatel de Setúbal
Custo: € 4,99 (Continente)
Álcool: 17,5º
Vertido na folha: Mais escuro que em anteriores colheitas. Nariz impositivo com notas compotadas, em detrimento das notas mais florais e cítricas habituais. Bom volume de boca, alguma austeridade e notas meladas no final de bom comprimento.
Consumido: Novembro 2010
Apreciação: Cordial

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Copo & Alma: Os Melhores 365 Vinhos 2011 Aníbal Coutinho

O conhecido guia "Copo & Alma" de Aníbal Coutinho já foi disponibilizado pelo autor. Foram provados para o guia mais de 600 vinhos em prova cega nos meses de Outubro e Novembro de 2010. Foram seleccionados os 365 vinhos mais pontuados, entre 86 e 97 pontos, de acordo com a classificação 0-100 e ficha de prova homologadas pela OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho). Destes, 208 são tintos, 144 são brancos e 13 são rosados. Os 24 vinhos mais pontuados foram:

97 Soalheiro Primeiras Vinhas Alvarinho Branco (Minho)
96 Duas Quintas Reserva Especial Tinto (Douro)
96 Marquês de Borba Reserva Tinto 2008 (Alentejo)
96 Quinta da Romaneira Reserva Tinto 2008 (Douro)
96 Quinta do Vallado Reserva 2008 Fiel Blend Tinto (Douro)
95 Batuta 2008 Tinto (Douro)
95 Esporão Private Selection 2007 Tinto (Alentejo)
95 Meruge 2009 Branco (Douro)
95 Ointas 2008 Tinto (Douro)
95 Quinta do Vale Meão 2008 Tinto (Douro)
94 CC Campolargo 2008 Tinto (Bairrada)
94 Charme 2008 Tinto (Douro)
94 Chocapalha Reserva 2009 Branco (Lisboa)
94 Chryseia 2008 Tinto (Douro)
94 Cottas Reserva 2009 Branco (Douro)
94 J Tinto (Alentejo)
94 JM Joaquim Madeira 2009 Branco (Alentejo)
94 Muros de Melgaço Alvarinho 2009 Branco (Minho)
94 Quinta da Fonte do Ouro Reserva 2008 Tinto (Dão)
94 Quinta da Foz de Arouce 2009 Branco (Dão)
94 Quinta de Lemos 2007 Tinto (Dão)
94 Scala Coeli 2008 Tinto (Alentejo)
94 Terrenus 2009 Branco (Alentejo)
94 Três Bagos Grande Escolha 2007 Tinto (Douro)

O guia está disponível para download no portal do autor, http://w-anibal.com/.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Casa Santos Lima Viognier 2009 (Branco)

Região: Lisboa
Produtor: Casa Santos Lima
Castas: Viognier
Custo: € 3,25 (El Corte Inglés)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Amarelo, quase dourado. Muita fruta branca no nariz, ao que parece dominado pela pêra e algum perfume floral. Boca ampla, equilibrada com acidez generosa que prolonga o final longo e muito interessante. Mais um Viognier, casta que virou moda no país, principalmente no Sul vinhateiro. Esta versão é mais seca que vários exemplos monovarietais que se encontram para terras Além-Tejo.
Consumido: Novembro 2010
Apreciação: Cordial

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Paulo Laureano Premium 2008 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Paulo Laureano Vinus
Castas: Trincadeira, Aragonês, Alicante Bouschet
Custo: € 5,95 (Revista de Vinhos)
Álcool: 14,5%
Vertido na folha: Rubi de média intensidade. Aroma com a barrica em primeiro plano, a fruta vermelha e as especiarias vêm a seguir. Boca com corpo médio, equilibrada, taninos redondos, boa secura, sentem-se as notas de barrica no final de média intensidade. Um bom vinho mas espera-se sempre um pouco mais para o que se despende (preço normal de prateleira a cerca de €10). Fiquei também surpreendido com a rolha (de aglomerado...) num vinho "Premium".
Consumido: Novembro 2010
Apreciação: Cordial

sábado, 25 de dezembro de 2010

Cabriz Encruzado 2006 (Branco)

Região: Dão 
Produtor: Global Wines
Castas: Encruzado
Custo: € 5,90 (El Corte Inglés)
Álcool: 13%
Vertido na folha: Amarelo citrino com ligeiras nuances douradas. Passados quatro anos o vinho mantém a fruta branca muito madura, a madeira está presente e surgem algumas notas de boa evolução. A entrada de boca é ligeira (não há doçura, ao contrário de muitos brancos actuais), abre rapidamente demonstrando boa amplitude, garra e final médio-longo muito agradável. Muito bom à mesa, gostei da ligação com um queijo S. Julião de boa cura. A minha apreciação reflecte a muito boa prestação para um branco com 4 anos. Quem diz que todos os brancos são para beber no ano ou no seguinte? Todas as colheitas deste Encruzado são presença obrigatória em casa. Tal como a de 2006, outras colheitas já demonstram que aguentam bem em cave, haja paciência para as guardar.
Consumido: Novembro 2010 
Apreciação: Com Alma

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Quinta das Tecedeiras Reserva 2007 (Tinto)

Região: Douro
Produtor: Quinta das Tecedeiras
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca, Tinta Amarela
Custo: € 21,50 (Garrafeira Nacional)
Álcool: 14,5%
Vertido na folha: Granada escuro, nuances violeta. Aroma fino e perfumado a fruta madura, flores, balsâmicos, especiarias e madeira (nada se destaca, está tudo muito bem integrado). A boca é de uma elegância digna de relevo, fruta doce, taninos finos, acidez no sítio, harmonia pura e a madeira é de fino recorte que surge no final longo de puro prazer. Quem gosta de vinhos finos, elegantes mas impactantes tem aqui um exemplar que, apesar do preço acima da media, não atinge valores proibitivos para a maioria das carteiras. Para beber em momentos bem escolhidos à refeição ou a solo a acompanhar uma boa conversa.
Consumido: Novembro 2010
Apreciação: Com Alma

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Krohn LBV 2004 (Porto)

Região: Porto
Produtor: Wiese and Krohn
Castas: n/d
Custo: € 11,85 (El Corte Inglés)
Álcool: 20%
Vertido na folha: Cor rubi-acastanhada. Aromas dominados pelo bolo inglês, especiarias e erva seca (chá). A boca é mediana, com a fruta vermelha em passa e algum fruto seco a aparecer num todo redondo, elegante mas com um final algo curto. Comparado com outros LBV do mercado, para o mesmo ano, este está com mais aromas de evolução.
Consumido: Novembro 2010
Apreciação: Companheiro

domingo, 19 de dezembro de 2010

Pomares 2008 (Tinto)

Região: Douro
Produtor: Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz
Custo: € 5,49 (Jumbo)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Rubi de boa intensidade num blend característico duriense. Aroma jovem a frutos vermelhos maduros, especiarias e tosta. A boca é equilibrada, macia, com final médio/longo com notas de baunilha. O vinho apresenta-se com bom perfil gastronómico. O rótulo é sóbrio e bastante apelativo, remetendo-nos para um consumo no Outono.
Consumido: Novembro 2010
Apreciação: Companheiro

sábado, 18 de dezembro de 2010

Vinhos para o Natal e Passagem de Ano 2010/2011

Agora que se aproxima rapidamente o Natal e logo a seguir o fim de ano é tempo de pensar que vinhos vou beber nesta quadra. Muitos aproveitam esta quadra festiva para abrir os melhores vinhos que têm lá por casa ou adquiri-los em supermercados e garrafeiras no sentido de partilhar o prazer da degustação com amigos e familiares. A expressão "o melhor vinho" não tem relação directa com preços elevados. O melhor vinho  será aquele que dará mais prazer beber, independentemente do que possa ter custado. Deixem-me partilhar convosco algumas sugestões de vinhos para esta quadra festiva. Dividi-os em várias categorias, em função do dinheiro que cada um pode gastar, ou seja, do "tamanho" da sua carteira:

Carteira magra
Curva 2009 Branco (Douro)
Fiúza Chardonnay 2009 Branco (Tejo)
Herdade Grande Colheita Seleccionada 2009 Branco (Alentejo)
Lagar de Darei 2007 Tinto (Dão)
Lagar de Darei 2009 Branco (Dão)
Milheiro Selas Espumante 2006 (Bairrada)
Muros Antigos Loureiro Escolha 09 Branco (Vinho Verde)
Pegos Claros 2005 Tinto (Setúbal)
Quinta Alorna Arinto/Chardonnay Reserva 2009 (Tejo)
Quinta Alorna Touriga Nacional/Cabernet Sauvignon 2008 Tinto (Tejo)
Quinta da Cassa 2007 Tinto (Douro)
Quinta da Esperança Reserva 2007 Tinto (Alentejo)
Quinta das Bágeiras Espumante Bruto Natural 2007 Branco (Bairrada)
Quinta das Bágeiras Espumante Bruto Natural Reserva 2007 Rosé (Bairrada)
Quinta do Espírito Santo Reserva 2007 Tinto (Lisboa)
Quinta do Gradil Arinto/Sauvignon Reserva 09 (Lisboa)
Quinta do Penedo 2007 Tinto (Dão)
Serradayres Reserva 2008 Tinto (Tejo)

Carteira composta
Ataíde Semedo Reserva 2008 Tinto (Bairrada)
Cabriz Encruzado 2009 Branco (Dão)
Carm Reserva 2007 Tinto (Douro)
Carm Reserva 2008 Tinto (Douro)
Carm Reserva 2008 Branco (Douro)
Carm Reserva 2009 Branco (Douro)
Casa de Mouraz 2009 Branco (Dão)
Dona Ermelinda Reserva 2008 Tinto (Setúbal)
Encontro Espumante Special Cuvée 2008 (Bairrada)
Porta dos Cavaleiros Touriga Nacional Reserva 2007 Tinto (Dão)
Quinta da Lagoalva Reserva Tinto 2008 (Tejo)
Quinta de Baixo Espumante Bruto Natural 2007 Branco (Bairrada)
Quinta dos Poços Reserva 2005 Tinto (Douro)
Quinta Lagoalva de Cima Arinto/Chardonnay 2009 Branco (Tejo)
Quinta S. João Baptista Syrah Reserva 2007 Tinto (Tejo)
Tom de Baton 2008 Tinto (Douro)

Carteira recheada
Baton 2008 Tinto (Douro)
Condessa de Santar 2009 Branco (Dão)
Curva Reserva 2009 Branco (Douro)
Duas Quintas Reserva 2009 Branco (Douro)
Luís Pato Vinha Formal 2009 Branco (Beiras)
Monte Cascas Reserva 2007 Tinto (Douro)
Morgado de Santa Catherina Reserva 2008 Branco (Lisboa)
Mouchão 2005 Tinto (Alentejo)
Murganheira Espumante Millésime 2005 Branco (Beiras)
Muros de Melgaço Alvarinho 2009 Branco (Vinho Verde)
Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador 2009 Branco (Dão)
Passagem Reserva 2007 Tinto (Douro)
Quinta das Bágeiras Garrafeira 2005 Tinto (Bairrada)
Quinta das Bágeiras Garrafeira 2004 Tinto (Bairrada)
Quinta das Bágeiras Garrafeira 2008 Branco (Bairrada)
Quinta de Pancas Reserva 2008 Tinto (Lisboa)
Quinta das Marias Encruzado fermentado em barrica 2009 Branco (Dão)
Quinta do Vallado Reserva 2009 Branco (Douro)
Sidónio de Sousa Garrafeira 2005 Tinto (Bairrada)
Soalheiro Primeiras Vinhas 2009 Branco (Vinho Verde)
Vértice Espumante Millésime Bruto Super Reserva 2005 (Douro)
Vinha Othon Reserva 2006 Tinto (Dão)
Vinha Paz Reserva 2007 Tinto (Dão)


Não sei o que fazer ao dinheiro
Abandonado 2007 Tinto (Douro)
Anselmo Mendes Parcela Única Alvarinho 2009 Branco (Vinho Verde)
Barca Velha 1999 Tinto (Douro)
Barca Velha 2000 Tinto Douro)
Batuta 2007 Tinto (Douro)
Batuta 2008 Tinto (Douro)
Charme 2008 Tinto (Douro)
Doda 2007 Tinto (Douro/Dão)
Doda 2008 Tinto (Douro/Dão)
Ex Aequo 2007 Tinto (Lisboa)
J de José de Sousa 2007 Tinto (Alentejo)
Luís Pato Quinta do Ribeirinho Pé Franco 2008 Tinto (Beiras)
Mouchão Tonel 3-4 2005 Tinto (Alentejo)
Murganheira Espumante Vintage 2005 Branco (Beiras)
Niepoort Omlet 2007 Tinto (Douro)
Passadouro Reserva 2008 Tinto (Douro)
Pêra Manca 2008 Branco (Alentejo)
Pintas 2008 Tinto (Douro)
Poeira 2007 Tinto (Douro)
Poeira 2008 Tinto (Douro)
Projectos Douro 2005 Tinto (Douro)
Quinta da Leda 2008 Tinto (Douro)
Quinta da Touriga Chã 2007 Tinto (Douro)
Quinta das Bágeiras Garrafeira 2002 Branco (Bairrada)
Quinta de La Rosa Reserva 2007 Tinto (Douro)
Quinta de San Joanne Superior 2007 Branco (Vinho Verde)
Quinta do Crasto Vinha da Ponte 2007 (Douro)
Quinta do Crasto Vinha da Ponte 2007 Tinto (Douro)
Quinta do Crasto Vinha Maria Teresa 2007 (Douro)
Quinta do Monte d' Oiro Reserva 2007 Tinto (Lisboa)
Quinta do Mouro Rótulo Dourado 2006 Tinto (Alentejo)
Quinta do Noval 2008 Tinto (Douro)
Quinta do Vale Meão 2008 Tinto (Douro)
Quinta do Vallado Reserva 2008 Tinto (Douro)
Quinta do Vesúvio 2008 Tinto (Douro)
Quinta dos Frades Vinhas Velhas Grande Reserva 2008 (Douro)
Quinta Foz de Arouce Vinhas Velhas Santa Maria 2007 Tinto (Beiras)
Redoma 2007 Tinto (Douro)
Redoma Reserva 2008 Branco (Douro)
Redoma Reserva 2009 Branco (Douro)
Robustus 2008 Tinto (Douro)
Scala Coeli 2008 Tinto (Alentejo)
Soalheiro Reserva 2008 Branco (Vinho Verde)

Onde é que meti a carteira? 
Água (Torneira)

À vossa saúde e boas festas!

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Vinha de Reis 2004 (Tinto)

Região: Dão
Produtor: Quinta de Reis
Castas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Jaen
Custo: € 9,45 (El Corte Inglés)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Boa cor, fechada mas revelou presença abundante de "cheiro a rolha" (TCA). Há cerca de dois anos tinha aberto outra garrafa sem problemas neste aspecto. Na altura, o vinho revelou-se quase opaco, com grande concentração e estrutura, austero e muito musculado que precisou de comida a preceito que aguentasse o vinho. Resolvi verificar se a austeridade tinha dado algumas tréguas mas o TCA trocou-me as voltas. Respondendo a Camões (Lusíadas; Canto IX; Estrofe LXXXIII) no contra-rótulo, gostaria de tê-lo experimentado para melhor julgá-lo. O produtor foi contactado e mostrou uma grande humildade e profissionalismo na explicação do problema. Irá dar-me a oportunidade de experimentar a colheita mais recente.
Consumido: Novembro 2010
Apreciação: Com defeito

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Paço dos Falcões Grande Escolha TN &CS 2007 (Tinto)

Região: Tejo
Produtor: Quinta do Falcão
Castas: Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon
Custo: € 4,79 (Continente; Promoção)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Granada-escuro. Nariz dominado por notas de frutos em passa (figo, ameixa), flores secas e ligeiro pimento. A boca traduz as sensações do vizinho de cima, com uma entrada relativamente discreta (demora um pouco a encher a boca), notando-se a acidez correcta e taninos bem comportados. O final é médio/longo com notas fumadas. Um dos vinhos nacionais com maior concentração de designativos por rótulo.
Consumido: Novembro 2010 
Apreciação: Cordial

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Cabriz Encruzado 2009 (Branco)

Região: Dão 
Produtor: Global Wines
Castas: Encruzado
Custo: € 4,99
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Amarelo citrino claro. Aroma delicado a fruta branca, tosta e boa mineralidade. Mantém o perfil delicado na boca, com entrada de fininho mas emancipa-se logo de seguida revelando um bom equilibrio geral e acidez a prolongar o final médio/longo. Há uns anos atrás, o perfil apontava para um consumo mais de Inverno, talzez pela sobreposição das notas tostadas. Tem vindo a revelar uma maior equilibrio nas suas componentes, a pedir consumo ao longo do ano. Vinho com uma consistência invejável colheita após colheita, sempre uma aposta segura. A colheita de 2008 já foi notada aqui.
Consumido: Novembro 2010 
Apreciação: Cordial

sábado, 11 de dezembro de 2010

Collection Ramos Pinto 2005 (Tinto)

Região: Douro 
Produtor: Ramos Pinto
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca
Custo: € 8,50 (Jumbo; Promoção)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Cor granada com ligeira evolução. Nariz fino, vegetal seco, especiado e fruta preta. A boca é distinta, com taninos muito finos, corpo aveludado e final longo com leves notas fumadas. Vinho de prazer para quem gosta de vinhos que primam sobretudo pela elegância de conjunto.
Consumido: Outubro 2010 
Apreciação: Cordial

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Herdade do Meio 2005 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Casa Agrícola João e António Pombo
Castas: Aragonês, Trincadeira, Alfrocheiro, Alicante Bouschet
Custo: €3,00 (Continente; preço promocional)
Álcool: 14,5%
Vertido na folha: Granada escuro, opaco, denso. Fruta, especiarias e fumados em dose generosa no nariz. Na boca é encorpado, cheio, mastigável, taninos espigadotes e final longo com notas fumadas e alguma fruta doce. Estilo forte mas não feio, temos vinho para muito tempo. Bebi algumas garrafas ao longo dos ultimos anos e parece que o vinho é imune à passagem do tempo. Ainda se encontra à venda no grupo Sonae que de vez em quando faz promoções de 50 ou 75% sobre o preço normal (à volta de 12 euros). Existem também os "Garrafeira" a não perder, um deles já provado neste espaço.
Consumido: Outubro 2010 
Apreciação: Com Alma

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Quinta da Garrida Touriga Nacional Reserva 2003 (Tinto)

Região: Dão
Produtor: Aliança
Castas: Touriga Nacional
Custo: € 8,90 (Jumbo)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Granada com evolução mas ainda muito escuro. Nariz onde predomina um conjunto dominado por notas vegetais, couro e especiarias. Boca com amplitude generosa, bom corpo, elegante e acidez que prolonga o final com notas de tabaco, chocolate preto e alguma secura final que lhe transmite garra. É um vinho com óptimo equilíbrio geral que se bebe com prazer. 
Consumido: Outubro 2010
Apreciação: Cordial

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Flor das Tecedeiras 2008 (Tinto)

Região: Douro
Produtor: Quinta das Tecedeiras
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional
Custo: € 5,95 (Revista de Vinhos)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Ruby de boa intensidade, jovem. Aroma dominado pela barrica, a fruta está lá mas algo escondida. A boca é o prolongamento do nariz, nota-se a madeira, o vinho flui e não deixa outras marcas de relevo. No entanto, parece que o vinho ainda tem algo mais para mostrar. Aguarde-se mais algum tempo para ver como evolui porque nesta fase a flor ainda não desabrochou.
Consumido: Outubro 2010
Apreciação: Companheiro

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Meruge 2004 (Tinto)

Região: Douro
Produtor: Lavradores de Feitoria
Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional
Custo: € 9,97 (Continente; promoção)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Contaminado com TCA. Para um vinho cujo preço normal ronda os 20 euros é desagradável que uma situação destas se verifique. O produtor lamentou o sucedido, solicitou o envio da garrafa e rolhas contaminadas e prontificou-se a enviar outra garrafa.
Consumido: Outubro 2010
Apreciação: Com defeito

domingo, 28 de novembro de 2010

Quinta Lagoalva de Cima Reserva Arinto/Chardonnay 2009 (Branco)

Região: Tejo
Produtor: Quinta da Lagoalva
Castas: Arinto, Chardonnay
Custo: € 4,92 (Continente; promoção)
Álcool: 13,5º
Vertido na folha: Amarelo citrino. Aroma dominado por notas amanteigadas, fruta cítrica e alguma barrica. Boca com alguma complexidade e de intensidade generosa onde se revela a fruta, boa acidez e madeira presente mas integrada. Final longo e fresco com nuances fumadas. Parece ser um vinho com alguma polivalência em termos gastronómicos.
Consumido: Outubro 2010
Apreciação: Cordiais

sábado, 27 de novembro de 2010

Wines of Portugal International Conference 2010


O quê: Conferências sobre vinho com especialistas nacionais e internacionais, provas de vinhos, concurso Top 10 Touriga Nacional, live show cooking, workshops, fórum dos enólogos e tecnicalidades.
Quando: 9-11 de Dezembro 2010
Onde: Centro de Congressos da Alfândega (Porto) 
Preço: Conferência (€150-180); Wine Fair (gratuito) 
Promotor: Vini Portugal 
Mais informações: Aqui

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Quinta de Baixo 2006 (Tinto)

Região: Bairrada
Produtor: Quinta de Baixo
Castas: Baga, Touriga Nacional
Custo: € 2,60 (Continente; promoção)
Álcool: 13º
Vertido na folha: Cor ruby com notas da idade, de intensidade média. Aroma agradável a frutos silvestres, condimentados com especiarias e notas florais. A boca é encorpada, com boa amplitude, os taninos mostram-se mas estão domesticados e a acidez é elevada o que torna o conjunto bastante equilibrado. O final longo apresentando-se com notas fumadas de barrica e algum chocolate preto. É um vinho prazenteiro e bom parceiro de mesa. Pena a rolha de aglomerado com que somos brindados...
Consumido: Outubro 2010
Apreciação: Cordiais

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Vitifrades 2010 (XIII Festas Báquicas)

O quê: Jornadas Vitivinícolas (2ª edição), concurso os Melhores Vinhos de Talha, espectáculos, exposições, workshops, rota das adegas, passeio TT, prova de orientação, passeio pedestre.
Quando: 3-5 de Dezembro 2010
Onde: Vila de Frades-Vidigueira
Promotor: Vitifrades Associação de Desenvolvimento Local
Mais informações: Aqui

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Foral de Montemor Reserva 2007 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Soc. Agr. Gabriel Francisco Dias
Castas: Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Petit Verdot, Syrah
Custo: € 5,95 (Revista de Vinhos)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Ruby de média intensidade. O aroma denota fruta, vegetais e fumados. Na boca predominam as notas vegetais, acompanhadas da fruta, a estrutura é mediana e os taninos estão contidos. O final é de média persistência com nuances amargas. No cômputo geral, o vinho parece algo acanhado. Contudo, porta-se razoavelmente à mesa.
Consumido: Outubro 2010
Apreciação: Correctos

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Porto e Douro Wine Show 2010


O quê: Prova de vinhos do Douro e Porto, produtos gourmet, cozinha ao vivo, conversas sobre o vinho e harmonizações vinho/comida numa "ambiência fashion" com apontamentos assinados pela estilista Katty Xiomara. Contacto directo com os produtores, criadores e enólogos.
Quando: 27-28 de Novembro 2010
Onde: Convento do Beato (Lisboa)
Hora: 15-21h
Preço: € 5,00 (Copo incluído)
Promotor: IVDP em parceria com No More e DMP+ASO
Mais informações: Aqui

domingo, 21 de novembro de 2010

Quinta da Garrida 2007 (Tinto)

Região: Dão
Produtor: Aliança
Castas: Tinta Roriz, Touriga Nacional
Custo: € 2,47 (Continente; Preço promocional)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Ruby de média intensidade. Aroma agradável que denota flores (violeta), fruta, algum vegetal e notas de barrica em boa proporção. Boca macia com a fruta em evidência, delicada e doce e acidez a equilibrar todo o conjunto. O retronasal apresenta-se de intensidade média, surgindo umas nuances fumadas agradáveis no final. É um Dão que vem na linha das anteriores edições (a colheita de 2006 foi provada aqui), fácil de beber, de gostar e muito gastronómico. É uma aposta segura e uma das melhores relações qualidade/preço do mercado. Atenção à temperatura de consumo: o álcool (generoso) tende a manifestar-se acima dos recomendáveis 16/18 ºC.
Consumido: Outubro 2010
Apreciação: Cordial

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Quinta do Mouro 2006 Rótulo Dourado (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Miguel de Orduña Viegas Louro 
Castas: Alicante Bouschet, Aragonês, Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon 
Custo: € 48,90 (Garrafeira Dom Vinho)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Cor granada ligeiramente aberta. Aroma potente com vegetais, alguma fruta e muita especiaria (pimenta preta). O aroma sugere vigor mas na boca essa sensação aparece domesticada apesar da estrutura/volume impressionante que demonstra. Não se nota qualquer doçura, o vinho convive com a boca em harmonia, é potente mas ao mesmo tempo suave, nota-se alguma sensação refrescante de menta e a acidez é a suficiente para prolongar bastante o final. Um vinho de carácter vincado, intenso e provocador, na linha do que o produtor gosta de fazer.
Consumido: Setembro 2010 (Vinhos do Alentejo em Lisboa)
Apreciação: Conversadores

CARM Reserva 2007 Tinto no TOP 100 da Wine Spectator

Bons notícias para Portugal, o Douro e a CARM (Casa Agrícola Reboredo Madeira) em particular.
A revista norte-americana Wine Spectator colocou o CARM Reserva 2007 Tinto no 9º lugar da lista “TOP 100” dos vinhos provados em 2010. Obteve 94 pontos (em 100). A selecção tem em conta as pontuações obtidas pelos vinhos, o preço e a disponibilidade de aquisição. Tive oportunidade de bebê-lo há pouco tempo. Tem tudo o que um vinho deve ter para um gosto democrático (concentrado de baunilha no nariz, chocolate, fruta vermelha e especiarias, boca ampla, muito gulosa, final longo). Daqui por algum tempo abro o que tenho em casa.

Toda a informação aqui.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Solar dos Lobos Grande Escolha 2008 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Lobo da Silveira
Castas: Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Syrah, Aragonês
Custo: € 19,90 (Produtor)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Tem bastante cor, bonitas notas violeta e concentração. O nariz é do melhor que se pode pedir: fruta, flores e especiarias amparadas pela madeira numa excelente complexidade. Entrada de boca com pés de lã, abre preenchendo-a de coisas boas, taninos firmes, austeridade q.b. e acidez intensa que prolonga o final. Vinho impossível de não gostar, complexo e completo. À venda pelo Natal. 
Consumido: Setembro 2010 (Vinhos do Alentejo em Lisboa)
Apreciação: Com Alma

sábado, 13 de novembro de 2010

Malhadinha 2007 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Herdade da Malhadinha Nova
Castas: Syrah, Cabernet sauvignon, Aragonês, Touriga Nacional, Alicante Bouschet
Custo: € 29,50 (Garrafeira Campo de Ourique)
Álcool: 14,5%
Vertido na folha: Muita cor, aroma denotando pimento, muita fruta em compota, notas de madeira, mentolados e especiarias. Boca com primeiro impacto doce, muita fruta, percebem-se de seguida os taninos e notas de chocolate preto. O conjunto é complexo, harmonioso e muito fresco. É um vinho que os experts chamarão de Novo Mundista, impactante, frutado, suave, gastronómico e fácil de gostar.
Consumido: Setembro 2010 (Vinhos do Alentejo em Lisboa)
Apreciação: Com Alma

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

J de José de Sousa 2007 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: José Maria da Fonseca
Castas: Touriga Franca, Grand Noir, Touriga Nacional
Custo: € 36,00 (Garrafeira Nacional)
Álcool: 13%
Vertido na folha: Cor carregada, denso. Aroma complexo em que primam as notas de couro, algum iodado e madeira no ponto. Boca macia, sedosa, elegante (aspereza nem vê-la) com acidez suficiente para prolongar longamente o final. Fermentação em talha, à moda antiga. É um vinho que nos remete para o Alentejo de outros (bons) tempos...
Consumido: Setembro 2010 (Vinhos do Alentejo em Lisboa)
Apreciação: Conversadores

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Herdade dos Grous Moon Harvested 2008 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Herdade dos Grous
Castas: Alicante Bouschet
Custo: € 24,00 (Garrafeira Nacional)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Vinho com cor muito bonita, granada-escuro com notas de violeta. Aroma frutado intenso, adocicado, ligeira madeira e muito elegante. Boca impactante com fruta madura, untuoso mas coberto por uma acidez intensa que enche a boca e faz prolongar (bastante) o final. É um vinho com grande estrutura, muito extraído e ao mesmo tempo muito afinado.
Consumido: Setembro 2010 (Vinhos do Alentejo em Lisboa)
Apreciação: Com alma

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Cortes de Cima Touriga Nacional 2005 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Cortes de Cima
Castas: Touriga Nacional
Custo: € 50,00 (Cortes de Cima)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Cor bastante carregada, com ligeiro rebordo acastanhado. Aroma directo e delicado a flores, fruta em passa, baunilha e alguma menta/eucalipto. A boca é quente com corpo de média intensidade notando-se a fruta compotada, doçura bem equilibrada pela boa acidez, taninos suaves e final longo com a fruta em evidência e acompanhada por notas de barrica. Necessita de ser decantado.
Consumido: Setembro 2010 (Vinhos do Alentejo em Lisboa)
Apreciação: Com alma

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Inevitável 2007 (Tinto)

Região: Alentejo
Produtor: Casa Santa Vitória
Castas: Cabernet Sauvignon, Syrah
Custo: € 21,45 (Garrafeira Estado Líquido)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Granada escuro, espesso. Aroma intenso a fruta madura, fumados e ligeira baunilha. Encorpado, redondo, com taninos bem integrados, sente-se contudo algum peso do álcool. O vinho despede-se com secura, alguma austeridade e com média persistência.
Consumido: Setembro 2010 (Vinhos do Alentejo em Lisboa)
Apreciação: Cordial

sábado, 30 de outubro de 2010

Quinta da Alorna Verdelho 2009 (Branco)

Região: Tejo
Produtor: Quinta da Alorna
Castas: Verdelho
Custo: € 3,99 (Jumbo)
Álcool: 13%
Vertido na folha: Amarelo citrino. Frutos tropicais no nariz, ligeiro floral e com boa complexidade. Entrada suave de boca, enche-a progressivamente com fruta tropical, alguma doçura a que a boa acidez contrabalança e lhe dá frescura. O final é fino , saboroso e com boa persistência. Trata-se de um vinho que carece de alguns cuidados no consumo pois é fácil de gostar. O preço também pode ajudar aos excessos...
Consumido: Setembro 2010
Apreciação: Cordial

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Encontro com o Vinho e Sabores 2010

O quê: Prova de vinhos, azeite, queijos, fumados, produtos gourmet, degustações culinárias. Contacto directo com os produtores, criadores e enólogos. Pode-se comprar alguns vinhos e outros produtos no local.
Quando: 5-8 de Novembro 2010
Onde: Centro de Congressos de Lisboa (Pavilhão do Rio; Junqueira)
Hora: 5/11 (18-22h); 6-7/11 (14-20h); 8/11 (11-18h) só para profissionais
Preço: € 10,00 (Desconto de 50% para leitores da Revista de Vinhos)
Promotor: Revista de Vinhos
Mais informações: Aqui

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Monte Judeu 2007 (Tinto)

Região: Lisboa
Produtor: Adega Cooperativa de Dois Portos
Castas: Alicante Bouschet, Touriga Nacional
Custo: € 4,50 (À porta da adega)
Álcool: 13,5%
Vertido na folha: Granada escuro com tons violáceos. Aroma a bagas silvestres, fruta em passa, flores, notas tostadas e ligeiro doce. Boca de bom porte, ampla, com fruta generosa, madeira muito bem integrada, óptimo equilibrio sucroso/ácido e taninos a dizerem olá mas com finura. O final é longo, suave com boa secura de tosta.  Vinho muito equilibrado, com gosto democrático para alegrar muitas bocas. Preço imbatível. Devia haver Monte(s) de vinhos assim. Deverá ser decantado pois pode apresentar depósito. A garrafa que abri tinha depósito em quantidade generosa.
Consumido: Setembro 2010
Apreciação: Cordial

sábado, 23 de outubro de 2010

Dão Álvaro Castro 2007 (Tinto)


Região: Dão
Produtor: Álvaro Castro
Castas: Alfrocheiro, Touriga Nacional, Tinta Roriz
Custo: € 3,69 (Continente; preço promocional)
Álcool: 13%
Vertido na folha: Rubi ainda jovem com boa profundidade. Aroma expressivo com fruta vermelha, flores e bosque. A boca acompanha o nariz, onde o equilíbrio é a nota dominante numa estrutura de base sólida, envolvente e muito elegante. O final é médio-longo com leve toque especiado de barrica. As uvas das terras Centro-Norte do país Dão bons vinhos onde este é mais um dos seus típicos e prazenteiros exemplos.
Consumido: Setembro 2010
Apreciação: Cordial

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Andresen LBV 2005 (Porto)

Região: Porto
ProdutorJ.H. Andresen
Castas: n/d
Custo: € 11,75 (El Corte Inglés)
Álcool: 20%
Vertido na folha: Granada com algumas notas da idade. Notas de fruta em passa e compotadas a dominar o nariz. Boca doce (não confundir com os pudins com o mesmo nome) e afloramentos de chocolate com recheio (tipo Mon Chéri) com boa envolvência, frescura média, retronasal com alguma garra e final suave, doce, de boa intensidade a cereja madura. Bom desempenho para um LBV a um preço cordato.
Consumido: Setembro 2010
Apreciação: Cordial

domingo, 17 de outubro de 2010

Passionada Loureiro Escolha 2008 (Branco)

Região: Verde
Produtor: Anselmo Mendes Vinhos, Lda
Castas: Loureiro
Custo: € 6,85 (El Corte Inglés)
Álcool: 10,5%
Vertido na folha: Amarelo citrino. A fruta chega ao nariz em versão limonada, acompanhada de aromas florais. A boca, de um doce fresco, é graciosa e o vinho pass(ionad)a deixando um algum perfume, terminando com boa persistência. É um vinho doce, bom para aperitivo que, salvo as devidas diferenças, faz lembrar um pouco os Colheita Tardia. Vinho engraçado, para beber descontraidamente. Apreciado em Setembro 2010.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Bafarela Reserva 2008 (Tinto)

Região: Douro
Produtor: Brites Aguiar
Castas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Amarela
Custo: € 5,50 (Jumbo)
Álcool: 14%
Vertido na folha: Boa cor ruby-violeta. Aroma jovem, inicialmente dominado por notas vegetais e barrica. Com arejamento surge a fruta e algumas notas florais. Na boca, apresenta-se de corpo médio com os taninos a mostrarem-se ainda algo vivos e a barrica a fazer-se sentir no final. O vinho ganha uma outra harmonia no dia seguinte, onde se nota um pouco mais a fruta na boca e o final surge mais arredondado, com notas especiadas. Creio precisar de ainda algum tempo para amaciar um pouco na garrafa. Agora, é um bom companheiro de mesa, para pratos mais temperamentais. Apreciado em Setembro 2010.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Adegga Wine Market 2010

O quê: Prova de vinhos em ambiente informal com os produtores. Pode-se escolher e adquirir os vinhos em prova. 
Quando: 27 de Novembro 2010 
Onde: Teatro Aberto 
Hora: 14-21:30h 
Preço: € 7.50 (inclui copo da Riedel) 
Promotor: Portal Adegga
Mais informações: Aqui

sábado, 9 de outubro de 2010

Passa 2007 (Tinto)

Região: Douro
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Touriga Nacional
Custo: € 6,99 (El Corte Ingles)
Álcool: 13,9%
Vertido na folha: Cor ruby escura, com reflexos violeta. Aroma jovem e muito perfumado a fruto silvestre, flores e notas especiadas e balsâmicas (mentolados e eucalipto). A boca é bastante harmoniosa, com bom corpo e muita frescura devidamente ornamentada pelos taninos muito bem domesticados. O final é longo com presença de algumas notas de barrica e boas notas amargas. Mereceu pisa das uvas a pé em lagares de granito e Passa(gem) de algum vinho por barrica usada durante 18 meses. O vinho fez-me lembrar (principalmente no aroma) alguns DFJ Touriga Nacional/Touriga Franca que tive oportunidade de beber há alguns anos, onde pontificavam as notas mentoladas. No entanto, o Passa não tem as notas balsâmicas tão marcantes. Muito bom vinho nesta gama de preço, que Passa com distinção a uma prova. Apreciado em Setembro 2010.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Sobro 2007 (Tinto)

Região: Alentejo
Castas: Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet
Custo: € 2,75 (Continente; preço promocional)
Álcool: 13%
Vertido na folha: Ruby com ligeiros laivos acastanhados. Aroma franco a fruta vermelha madura com notas vegetais. A boca mantém o perfil do nariz, num registo que nos leva para a quente planície alentejana, notando-se alguma doçura, taninos suaves e um final de média intensidade com alguma secura. Vinho típico alentejano, agradável e bom companheiro de mesa. Tendo como base o preço promocional é uma óptima compra; já o preço normal (5-6 euros) parece um pouco excessivo. Apreciado em Setembro 2010.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Muros Antigos Loureiro 2009 (Branco)

Região: Verde
Produtor: Anselmo Mendes Vinhos, Lda
Castas: Loureiro
Custo: € 5,64 (Makro)
Álcool: 12%
Vertido na folha: Amarelo citrino. Aroma delicado a fruto tropical (sobressai o ananás), cítrico e notas florais. Reprodução dos aromas e delicadeza na boca com boa acidez a prolongar um final fresco, perfumado e muito agradável. Um Loureiro de boa estirpe e democrático no preço. Encontra-se mais barato em alguns supermercados e Garrafeira Nacional, por exemplo. Apreciado em Setembro 2010.

sábado, 2 de outubro de 2010

Quinta do Castelinho Vintage 1999 (Porto)

Região: Porto
Produtor: Castelinho Vinhos SA
Castas: n/d
Custo: € 8,00 (Jumbo; preço promocional)
Álcool: 20% 
Vertido na folha: Castanho-avermelhado muito aberto. Aroma predominante a frutos secos (nozes), alguma resina e álcool a marcar presença. Na boca é um doce de rebuçado, continuando a surgir as notas de fruto seco e um ligeiro iodado num corpo que se apresenta mediano e um final em que o álcool lá continua espevitado… É melhor apreciado se bebido ligeiramente mais fresco que o normal. Adquiri o vinho numa promoção do Jumbo há alguns anos. Actualmente, encontra-se à venda na Garrafeira Nacional, por exemplo, por € 23,00. Apreciado em Agosto de 2010.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Fiúza Sauvignon 2009 (Branco)

Região: Tejo
Produtor: Fiúza e Bright
Castas: Sauvignon Blanc
Custo: € 2,14 (Continente; preço promocional)
Álcool: 12,5%
Vertido na folha:  Amarelo citrino. Aroma algo contido, predominantemente a fruta tropical com ligeiras notas herbáceas. A boca é um pouco mais exuberante, permanecendo as sensações do nariz, com corpo médio, mas simples e com final de média persistência. O vinho mostra-se um pouco mais se bebido no limite superior de temperatura adequada para brancos. É um vinho correcto, para beber descontraidamente à mesa, que teor alcoólico também ajuda. Bom vinho para o preço promocional. Ao preço normal já não me parece uma boa compra. Apreciado em Setembro 2010.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Feiras de Vinhos Supermercados 2010

As feiras de vinhos dos principais supermercados andam aí, na versão de 2010:


O Continente (28 de Setembro a 17 de Outubro) mantém a colaboração do enólogo e crítico de vinhos Aníbal Coutinho como consultor para a sua Feira de Vinhos, denominada “Vinhos 2010”. A apresentação dos vinhos no catálogo está dividida por regiões vitivinícolas em que são destacados alguns vinhos em cada região. Não há notas de prova. A novidade deste ano é a apresentação da gama de vinhos “Contemporal” (marca de venda exclusiva do Modelo/Continente) com a assinatura de Aníbal Coutinho. A oferta de vinhos do catálogo é relativamente diversificada desde os vinhos de entrada de gama até alguns vinhos de qualidade bem superior. Alguns vinhos têm preço promocional para os clientes com cartão e outros ficam mais baratos se comprados em quantidade, com a oferta de uma garrafa na compra de duas ou três, por exemplo. A legenda da imagem dos vinhos no catálogo continua (ano após ano) a não conter o ano de colheita. Como a imagem de alguns vinhos não é elucidativa, só presencialmente é que os clientes têm noção do ano de colheita desses vinhos.
O Jumbo (20 de Setembro a 10 de Outubro), sob o título “Prova de Vinhos 2010”, mantém-se fiel à campanha “Leve 6 Pague 5”, iniciada já há alguns anos. Tal como no Continente, a apresentação dos vinhos no catálogo está dividida por regiões vitivinícolas, são destacados alguns vinhos em cada região, não há notas de prova e a legenda da imagem dos vinhos no catálogo não contém o ano de colheita. A oferta de vinhos do catálogo é também diversificada mas este ano, ao contrário dos anteriores, parece ficar um pouco aquém da do Continente.
A Feira de Vinhos do El Corte Inglês (24 de Setembro a 21 de Outubro), tal como no ano anterior, intitula-se “O Vinho”. A oferta de vinhos é bastante diversificada situando-se, em termos de qualidade média das propostas, um pouco acima das feiras de vinhos da concorrência. Existem textos introdutórios sobre as várias regiões vitivinícolas a cargo de João Paulo Martins e alguns vinhos apresentam notas de prova. Saliente-se a indicação nas legendas das imagens do vinho o respectivo ano de colheita, ao contrário do que acontece nos catálogos do Continente e Jumbo.
Finalmente, o Pingo Doce (25 de Agosto a 5 de Outubro) mantém-se fiel à política de propostas dos anos anteriores. Sob o título “Vinhos & Sabores da nossa terra”, mantém-se a campanha “Leve 6 Pague 5”. De todas as feiras esta é a que apresenta, em termos de qualidade média, o conjunto de vinhos mais pobre (política assumida que privilegia os vinhos de entrada de gama, mais baratos, aos restantes). Também aqui, são apresentados vinhos das várias regiões vitivinícolas, alguns destacados com a respectiva nota de prova. A legenda da imagem dos vinhos no catálogo também não contém o ano de colheita, tal como acontece no continente e Jumbo.
Em termos gerais pode dizer-se que as novidades (novas colheitas/marcas) não abundam nas campanhas. Um ou outro vinho continua a aparecer ano após ano nos folhetos (as garrafas devem ter já criado raízes na prateleira…) e não será desta que se vão vender… Apesar das feiras de vinhos não serem muito entusiasmantes (já alguns anos que é assim) encontram-se boas propostas de vinhos a bom preço. No link abaixo podem-se encontrar algumas dessas referências, com indicação do preço, local de compra e informação daqueles que, no meu entender, se destacam pela melhor relação qualidade/preço. Há desde vinhos mais fáceis, correctos, companheiros de mesa no dia-a-dia até àqueles que dão muito mais prazer a beber e merecem uma prova mais atenta.

Com responsabilidade e moderação, à nossa saúde!

Propostas Vinhos Supermercados 2010

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Guarda Rios 2009 (Branco)

Região: Tejo
Produtor: Quatro Âncoras
Castas: Chardonnay, Sauvignon Blanc, Alvarinho, Arinto
Custo: € 7,37 (Supermercados Sá)
Álcool: 13%
Vertido na folha: Amarelo-palha. No nariz, destaque para as notas tropicais (toranja, maracujá, ananás) e cítricas acompanhadas por nuances vegetais e fumado discreto de madeira. Ataque de boca acídulo, ligeira agulha, revelando-se de seguida um vinho com algum peso, untuosidade e final de média persistência. A sensação acídula inicial parece não acompanhar toda a prova pelo que se nota algum amuo entre a acidez e o corpo. O nariz parece levar-nos para um consumo de Verão mas a boca pede-nos que esperemos pelo Outono. Um vinho em confronto interno à espera de apaziguamento. Apreciado em Setembro de 2010.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

International Wine Challenge 2010 Londres

Todos falam no vinho ribatejano "Tributo 2008 Tinto" por ter recebido um "Trophy" (o prémio mais importante) do concurso International Wine Challenge de Londres, onde foram provados mais de nove mil vinhos de cerca de 50 países. Deverá ser notícia por dever ser a primeira vez que um vinho da região Tejo recebe este troféu. O vinho até foi escolhido para ser servido durante a refeição de entrega dos prémios. Ora o que o comum dos mortais não sabe, porque a imprensa não diz (não se informa ou não quer dizer...), é que foram premiados 118 vinhos com este troféu, dos quais onze vinhos portugueses:




Toca a subir o preço dos vinhos, como é costume...

 

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Alvor Colheita Seleccionada 2008 (Tinto)

Região: Algarve
Castas: Touriga Nacional, Trincadeira, Alicante Bouschet, Syrah
Custo: € 5,49 (Garrafeira Why Not, Albufeira)
Álcool: 13,7%
Vertido na folha: Ruby de intensidade média. Aroma quente a fruta vermelha muito madura, algum vegetal e notas de madeira. Corpo médio onde sobressaem as notas vegetais, acompanhadas de notas caramelizadas e taninos a mostrarem-se num final de média intensidade. Para a mesa. Apreciado Agosto 2010.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Quinta do Portal Vintage 2005 (Porto)

Região: Porto
Produtor: Quinta do Portal
Castas: Várias 
Custo: € 14,79 (Modelo; preço promocional)
Álcool: 20% 
Vertido na folha: Retinto, espesso, típico de vintage com juventude. Nariz pouco falador a início, abre com arejamento apresentando boas notas de fruta vermelha, especiarias e afloramentos de cacau. A boca apresenta boa intensidade, harmonia e bom envolvimento onde sobressaem os frutos silvestres e taninos ainda espigados. O final de boca é médio/longo com notas fumadas, chocolate e cereja bem madura. Apreciado em Agosto 2010.

domingo, 19 de setembro de 2010

Deu-la-Deu Alvarinho 2009 (Branco)

Região: Verde
Castas: Alvarinho
Custo: € 5,89 (Continente)
Álcool: 13%
Vertido na folha: Amarelo citrino. Aroma de intensidade média à casta, revelando citrinos, fruta branca, algum vegetal e ligeira tropicalidade. Boca de intensidade média a fruta branca, acidez a compor o conjunto mas com pouco nervo. Está um pouco mais plano que em anos anteriores. Apreciado em Agosto 2010.

sábado, 18 de setembro de 2010

Os Melhores Vinhos do Ano, segundo JPM (24 Setembro 2010)

O quê: Prova dos melhores vinhos do ano, segundo o jornalista e crítico João Paulo Martins, resultado das provas vínicas para o seu guia "Vinhos de Portugal 2011".
Onde: Hotel Dom Pedro Lisboa
Hora: 21h
Preço: € 40.00 (+ IVA)
Promotor: Viniturismo
O que é preciso: Inscrição prévia através do site do promotor.
Mais informações: Por exemplo, aqui.

Eis os vencedores:

Abandonado 2007 Tinto (Douro)
Charme 2008 Tinto (Douro)
Cortes de Cima Homenagem a Hans Christian Andersen 2008 Tinto (Alentejo)
Grandjó Late Harvest 2007 Branco (Douro)
J de José de Sousa 2007 Tinto (Alentejo)
Marquês de Borba Reserva 2008 Tinto (Alentejo)
Obsessão 2004 Tinto (Alentejo)
Outeiro 2008 Tinto (Alentejo)
Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador 2009 Branco (Dão)
Pintas 2008 Tinto (Douro)
Quinta do Couquinho Grande Reserva 2007 Tinto (Douro)
Quinta do Monte d' Oiro Reserva 2006 Tinto (Lisboa)
Quinta do Vale Meão 2008 Tinto (Douro)
Redoma Reserva 2009 Branco (Douro)
Três Bagos Grande Escolha 2007 Tinto (Douro)